terça-feira, 22 de julho de 2014

Curtas na Taça de Honra

Destaques colectivos:

- Pouco tempo de trabalho e o conjunto já começa a olear algumas rotinas de jogo. Organização ofensiva mais deficitária, essencialmente pelo baixo nível no poder de decisão.  Benfica competente q.b., onde a maioria dos novos jogadores leu bem as jogadas e soube antecipar as transições rápidas do Sporting. No entanto, nota-se bem a falta de qualidade individual, em relação ao plantel do ano anterior. Destaque para os laterais, bastante disponíveis para atacar. 

Algumas notas individuais:

Luís Filipe: Ainda acima do peso, mas com boa margem de progressão. Um lateral "à Jesus" na disponibilidade física. Alguns tiques brasileiristas no que se refere ao posicionamento defensivo.

- Cardozo: Baixa física tremenda - em comparação com os colegas - e completamente dissociado daquilo que o jogo pedia. Funcionou sempre como um corpo estranho a Lima e não soube tornar-se referência de área como habitualmente consegue.

 -Talisca: De acordo com a minha análise inicial, Talisca poderia perfilar-se como avançado mais móvel, mas acabou por assumir a posição de um médio box-to-box. Perfila-se na nova "teimosia" de Jesus, com tudo o que de bom e mau dai possa vir. Aguardam-se mais jogos para confirmar um estatuto de craque...

- João Teixeira: O melhor jogador do torneio. Redutoramente, será associado ao lance do golo do Sporting e isso é o suficiente para o comum dos adeptos excomungá-lo nos próximos 3 meses... Olhando de forma abrangente, foi competitivo e raçudo, tendo uma preocupação desmesurada em oferecer linhas de passe aos colegas. Nota táctica bastante apurada, pois quando César e Jardel várias vezes saíram da sua posição em perseguição do adversário, o miúdo foi sempre fazer-lhes a compensação...Tal como disse aqui sobre o Bernardo Silva, apenas precisa de minutos. Espero que os tenha na equipa principal, mas se tal não for possível, que seja emprestado a um clube da 1ª liga. Equipa "B" já é pequena para ele.




Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário